Noobz : SAGA - Os desafios do mercado de games no Brasil! - Games, Cinema, Animes, Séries, Heróis e muito mais!
Trending

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

SAGA - Os desafios do mercado de games no Brasil!

No mês de julho estivemos no Anime Friends 2018, um dos mais importantes e tradicionais eventos da cultura pop japonesa no Brasil. Um dos estandes que mais chamavam a atenção era o da SAGA, escola de arte digital, computação gráfica e desenvolvimento de jogos, que completa 16 anos em 2018.

Com 13 unidades no Brasil atualmente, a SAGA é considerada a maior rede de escolas de Computação Gráfica e Games do país. Aproveitamos nossa cobertura do evento e batemos um papo com Jonatas Freire, Coordenador de Ensino na SAGA. Falamos um pouco sobre mercado, dificuldades e os planos da escola que vem crescendo a cada ano mais.

Jonatas Freire - SAGA - Anime Friends 2018 - Entrevista
Jonatas Freire no estande da SAGA, durante o Anime Friends 2018

Noobz: A Saga completa 16 anos em 2018. Durante sua trajetória em um país como o Brasil, onde as coisas são tão difíceis, caras e burocráticas, ainda mais nos quesitos tecnológicos, quais foram e são os maiores desafios enfrentados? E como os alunos tem contornado essas barreiras no mercado de trabalho nacional?

Jonatas Freire: Hoje realmente nós enfrentamos muitos desafios e os alunos mesmo enfrentam muitos desafios, quando a gente fala de mercado, devido a esse governo que impõe muitos impostos e algumas dificuldades. Uma alternativa que a gente achou, e os alunos estão achando é o mercado indie. Onde você não precisa, necessariamente, de tanta burocracia para conseguir fazer um produto dar certo. E hoje se você vai em feiras como a BGS (Brasil Game Show), por exemplo, você encontra diversos alunos nossos expondo jogos e com produtoras indie. Hoje, não necessariamente eles possuem um CNPJ ou algo do gênero e ainda assim, conseguem divulgar o seu produto, conseguem divulgar os seus jogos. Atualmente, se formos fazer uma comparação de dez anos atrás, onde você mal via jogos brasileiros em plataformas como a Steam, Live ou a própria PSN, hoje você já consegue encontrar uma variedade muito grande de produtos brasileiros e a SAGA se orgulha muito de boa parte desses produtos terem influencia de alunos nossos, alunos que passaram por cursos como o Start ou o PlayGame. Então a alternativa que a gente encontrou e o mercado também se adaptou a isso foi ir por esse caminho do indie, de jogos por pequenos produtores, por pequenos grupos de três, cinco, dez pessoas, sem montar empresa, sem CNPJ e fazer grande sucesso com isso.

Noobz: Vocês estão presentes na maioria dos grandes eventos da cultura pop do Brasil como a Brasil Game Show e o Anime Friends. Como tem sido a recepção do público e o que vocês procuram nesses grandes eventos?

Jonatas Freire: Hoje a Saga tem como principal objetivo disseminar esse conteúdo, disseminar esse conhecimento de computação gráfica no mercado e fazer esse mercado crescer cada vez mais. Quando nós vamos a esses eventos, nosso objetivo é mostrar esses sonhos. É mostrar, o resultado de todo esse trabalho para esse público grande que encontramos nos eventos. Hoje a SAGA conta com mais de 15 mil alunos e a gente tenta ao máximo mostrar esses trabalhos, honrar esses trabalhos dos alunos em nossos eventos. Então na Anime Friends temos alguns alunos que estão produzindo algumas esculturas e em alguns eventos nós também levamos os jogos para poder disseminar, mostrar, divulgar, esses produtos e contaminar toda essa juventude com essas produções e esse sonho.

Noobz: Você que está tão próximo do mercado indie de games no Brasil, como tem visto seu amadurecimento nos últimos anos? O que pensa sobre a evolução do mercado brasileiro?

Jonatas Freire: Hoje o mercado brasileiro de games é um dos que mais cresce no mundo. Tem crescido exponencialmente de maneira incrível. Você consegue ver em matérias, em números. A gente vê um amadurecimento dos próprios jovens hoje em dia de querer empreender e procurar alternativas que não sejam as tradicionais. Hoje eles já buscam o próprio sonho de divulgar seu jogo. Então hoje, o mercado amadureceu bastante, os jovens de 10 anos atrás já tem essa capacidade, noção e esse amadurecimento de criar o próprio produto e estão indo por esse viés mesmo.

Noobz: Atualmente vocês contam com 13 unidades. Estão trabalhando no sentido de fortalecer e dar manutenção à rede ou tem planos de expansão para o interior (de São Paulo) e outras capitais do país?

Jonatas Freire: A Saga sempre vai continuar expandindo. A gente sim tem planos de expansão. Mas também sempre trabalhamos com manutenção. De tempos em tempos nós fazemos a reforma das unidades para nos manter mais próximos dos jovens, sendo o mais atual possível. Então as unidades que já existem, sempre passam por atualizações, tanto em grade curricular, quanto na estrutura dos prédios e sempre vamos estar expandindo. Ano a ano sempre abrindo novas unidades para continuar atendendo o máximo possível desses jovens que temos hoje no Brasil.

Noobz: Para quem quer conhecer mais sobre a Saga?

Jonatas Freire: Podem entrar no nosso site (https://saga.art.br/). Lá vão encontrar todas as nossas unidades e endereços, os telefones também. E podem entrar em contato, para tanto fazer uma aula demonstrativa, através de nossas oficinas gratuitas, quanto conhecer as unidades e conversar com os coordenadores e professores pessoalmente para assim ter mais informações sobre os cursos e como a área funciona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário