Trending

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

As Caça-Fantasmas - Diretor lamenta que filme tenha se tornado uma 'causa'

Quando foi revelado que o remake de Caça-Fantasmas seria feito e haveria uma troca de sexo dos personagens principais, houve uma boa recepção do público. Acontece que junto a boa recepção geral, também houveram fortes reclamações por parte dos fãs mais nostálgicos da franquia, que não gostaram da ideia de ter o icônico grupo da franquia sendo substituídos por um grupo de mulheres.

O resultado desse embate, é que o filme foi abraçado por vários grupos e com campanhas na internet se tornou uma verdadeira causa, quando foi lançado em 2016. Um ano se passou e o diretor do longa, Paul Feig, falou ao site Vulture no Festival LA, sobre como o remake involuntariamente ter se tornado uma 'causa', que ele nunca quis criar, pode ter sido fundamental no fracasso do filme.

Ghostbusters As caça fantasmas

"Eu acho que meio que nos prejudicou um pouco o fato do filme ter se tornado uma causa. Acredito que para boa parte de nosso público era como: 'O que diabos!? Nós não queremos ir a uma causa. Nós só queremos assistir a um maldito filme'", disse o diretor.

"Foi um grande arrependimento na minha vida que o filme não tenha ido bem, porque eu realmente amei; Não é um filme perfeito. Nenhum dos meus filmes é perfeito. Eu gostava do que estávamos fazendo com isso. Só deveria estar lá para entreter as pessoas", revelou.

Apesar disso o longa foi indicado ao Kids 'Choice Awards e o diretor brincou com a possibilidade de bater Star WarsCapitão América na premiação. "Os adolescentes estão apenas assistindo, não trazendo toda a bagagem", concluiu.

O reboot dos Caça-Fantasmas foi lançado em julho de 2016 e trouxe um grupo de mulheres no lugar dos tradicionais personagens, se tornando um fracasso de bilheteria. O longa arrecadou US$ 229 milhões ao redor do mundo.

Fonte: Vulture 

Nenhum comentário:

Postar um comentário