Trending

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Crítica: Eu Fico Loko surge como uma agradável surpresa!

Eu Fico Loko filme

Filme: Eu Fico Loko
Direção: Bruno Garotti
Texto: Eduardo Dias (@edudiastw)
Estreia: 12 de Janeiro de 2017
Distribuição: Paris Filmes


---------------------------------------------------------------------

No dia 12 de janeiro de 2017, estreará nos cinemas brasileiros o filme “Eu Fico Loko”. O longa é inspirado no best-seller homônimo, escrito pelo youtuber Christian Figueiredo e lançado no Brasil em 2015 pela Editora Novo Conceito.

O que esperar de um filme baseado na vida de um youtuber? Livros sobre a rotina dessas web celebridades criadas pela força das redes sociais e aliadas a uma necessidade de ver suas histórias sendo contadas de forma cômica já arrastam milhões de fãs Brasil a fora e vendem milhares de cópias.

Posso dizer que o ceticismo era latente antes de assistir ao longa, afinal existe um preconceito no ar e que acabou me atingindo naturalmente.

Eu Fico Loko

A história central do filme abrange a trajetória de vida de Christian Figueiredo de sua infância como um "zero à esquerda" até chegar ao sucesso como um dos influenciadores de maior destaque do país. Em meio a essa trama a participação do próprio Christian surge como um destaque, pois ele aparece no decorrer do longa quebrando a quarta parede, quase que como se fosse uma nota de rodapé de um livro, agregando a cena. Um caminho narrativo arriscado, porém, utilizado de forma muito bem acertada.

Eu Fico Loko filme

A história segue uma ordem cronológica dos desafios que o youtuber seguiu e que cria uma empatia junto ao público, pois são obstáculos comuns que todos passam ou ainda vão passar, como o primeiro beijo, a primeira vez com uma garota ou o tão famoso bullyng, afinal popular é um termo não conhecido de Christian em sua época de escola e isso é muito bem retratado quando de suas travessuras ao lado do amigo Yan (José Victor Pires). Filipe Bragança, ator que interpretou Christian aos 15 anos, se encaixou muito bem no papel, na verdade todo o elenco faz um excelente trabalho e ajuda a história a fluir de maneira leve e natural.

Eu Fico Loko filme

Além do ótimo elenco, a história prende do início ao fim com uma ótima direção de arte e fotografia, que fazem inveja a outros filmes brasileiros, devido a sua excelente produção. O diretor (Bruno Garotti) conseguiu fazer um filme que irá agradar não só aos fãs de Christian Figueiredo, mas a todos aqueles que buscam uma história bacana, motivacional e família.

Eu Fico Loko é uma obra que irá inspirar aquele que quer abrir um canal no youtube, fazer uma faculdade ou a buscar qualquer desejo que tenha dentro de si. Um filme leve e agradável para se assistir em família, que irá agradar a todas as idades e sem dúvida vai valer o ingresso.

Trailer


Avaliação: 8.5/10

Por Eduardo Dias (@edudiastw)

Nenhum comentário:

Postar um comentário